Você já se deparou com os termos CAPEX e OPEX no mundo corporativo?

Sabe o que cada um deles significa e o impacto que possuem no seu negócio?

Em linhas gerais, eles dizem respeito à aquisição de um bem, no primeiro caso, ou à terceirização dos serviços que dizem respeito a determinada máquina, no caso da segunda sigla.

Para esclarecer todas as suas dúvidas, preparamos um artigo completo com as diferença entre CAPEX e OPEX.

O que é CAPEX?

De origem inglesa, essa sigla significa “Capital Expenditure” (no português despesas de capital).

Aqui estão englobados todos os bens, como máquinas e equipamentos que uma determinada companhia compra/adquire para manter seu processo operacional em ordem.

O que é OPEX?

Também originário do inglês, o termo OPEX significa “Operational Expenditure” (traduzindo para o português despesas operacionais) e engloba os gastos em consumíveis, terceirização, aluguel, manutenção, entre outros, de determinados produtos/serviços.

Na maioria das vezes, esse gasto é mensal no orçamento do negócio.

Para tentar deixar as diferenças entre CAPEX e OPEX mais claras, vamos usar um exemplo aplicável para pessoas físicas.

Vamos supor que uma pessoa prefira comprar vários filmes e séries em DVDs. Ela estaria investindo em CAPEX, ou seja, é um patrimônio dela de forma definitiva.

Já outra pessoa que opta por um serviço de streaming estaria usando a modalidade OPEX, pois ela não é dona da infraestrutura (DVDs) para assistir aos seus programas. Ao contrário, ela paga mensalmente um fornecedor que garante o funcionamento da plataforma.

CAPEX x OPEX

Em linhas bem gerais, OPEX é contratar e CAPEX, comprar. Com este entendimento, torna-se mais fácil compreender as diferenças e benefícios entre esses dois termos.

Ao decidir-se pelo CAPEX, a companhia terá que despender um elevado valor para comprar determinado equipamento, além de responsabilizar-se por custos como obsolescência e possíveis reparos.

Já no caso do OPEX, a organização ganha flexibilidade no seu orçamento, podendo até deduzir essa despesa do seu Imposto de Renda.

Some-se a isso o fato de que o fornecedor daquele serviço é responsável pela manutenção e ótimo funcionamento do maquinário contratado.

OPEX: melhor opção para a área de TI

Hoje em dia, a área de Tecnologia da Informação das empresas requer muitos cuidados, pois a mesma vem ganhando cada vez mais destaque e importância nas organizações, motivados pelos avanços tecnológicos e a migração de muitas tarefas para o mundo virtual.

Tudo isso levou empresas de todos os portes e segmentos a investirem mais em novas plataformas e ferramentas, indo além da simples aquisição de computadores.

O valor para adquirir todos esses equipamentos e estar por dentro das últimas tendências é muito alto.

É aqui que o OPEX surge como uma ótima alternativa, ao evitar a descapitalização e a depreciação, além de garantir ter sempre à mão o que há de mais moderno no segmento, com segurança e profissionais capacitados e preparados para qualquer emergência.

Agora que você já conhece as diferenças entre CAPEX e OPEX, visite nosso site para conferir as nossas soluções de TI para empresas de todos os tamanhos e áreas de atuação.

Entre em contato e teremos muito prazer em ajudá-lo a encontrar a melhor opção para o seu negócio.

Veja mais: Como a gestão de TI pode otimizar os processos da sua empresa