O marketing digital vem atraindo cada vez mais empresas para o ambiente online. Muitas, inclusive, já sustentam parte de suas operações na rede.

O problema é que, a despeito da popularização, ainda existe muita desinformação a respeito deste assunto circulando.

Em nosso artigo, falaremos de 5 mitos e verdades sobre internet que as empresas ainda acreditam.

São crenças que surgem em sua grande maioria por falta de informação. E sabemos bem que a própria internet pode atrapalhar na hora de desfazer os enganos!

Afinal, há muitos dados errôneos ou incompletos circulando na rede como se fosse verdade.

Para os desconfiados, é só mais uma razão para torcer o nariz.

Quer desfazer de uma vez por todas estes mitos? Então continue a leitura!

1. Manter uma presença online custa caro

Um dos grandes mitos sobre a internet é que custa muito caro para fazer divulgação ou marcar presença.

Embora o retorno seja proporcional ao investimento, é possível colher bons resultados mesmo sem gastar rios de dinheiro.

As micro e pequenas empresas podem aproveitar o inbound marketing, por exemplo, e trabalhar com suas mídias sociais.

É preciso considerar também que mesmo sem perfil em uma destas plataformas, ou um site próprio, a sua empresa está online.

A razão por trás disto é simples: os clientes vão comentar a respeito da sua marca na internet. Logo, de uma forma ou de outra, algo a respeito do seu empreendimento estará na rede.

2. A internet não dá lucro

Os empreendedores mais tradicionais costumam ter dificuldade para entender que uma presença online não significa custo, mas investimento. Mais difícil ainda é visualizarem de que modo estar conectado pode trazer lucros para a empresa.

Em geral, estes empreendedores têm a visão de que uma divulgação que não leve à venda direta, é uma desvantagem.

Perdem com isto a chance de conhecer melhor o seu público-alvo, e de interagir com a audiência para gerar reconhecimento.

Os insights que são extraídos desta relação podem inclusive influenciar os produtos e serviços oferecidos, aprimorando-os.

Com a dose adequada de tempo, planejamento e monitoramento, é certo que o lucro irá surgir.

3. É preciso um grande conhecimento técnico

Seja em razão da terminologia do marketing digital ou das ferramentas utilizadas na internet, ainda há quem veja este ambiente como excessivamente técnico.

Sendo assim, acreditam ser necessário grande conhecimento especializado para lidar com a internet. Nada poderia estar mais longe da verdade.

Hoje as ferramentas digitais são intuitivas e as técnicas de marketing digital podem ser aprendidas gratuitamente. Isto significa que habilidades de programação ou formações técnicas não limitam o público que pode trabalhar online.

Ademais, inúmeras empresas de outsourcing oferecem serviço de orientação e suporte para facilitar estes processos.

4. Minha empresa precisa de senhas com números e caracteres

Aqui temos uma grande verdade sobre o ambiente em rede. Afinal, as senhas muito fáceis ou que remetam a fatos do usuário, como o aniversário, podem ser adivinhadas facilmente.

Como os cibercriminosos possuem ferramentas sofisticadas, é fundamental criar senhas mais robustas.

Além disto, elas devem ser trocadas periodicamente. Existem softwares no mercado, como o Kaspersky Password Manager, que ajudam os negócios a gerenciar as suas senhas.

Assim não correm o risco de esquecer a combinação de letras, números e caracteres especiais.

5. Não é só para as grandes empresas

Por fim, é importante desfazer o mito de que negócios pequenos não precisam da internet. Muito pelo contrário. Para começar, existem 116 milhões de pessoas conectadas à internet no Brasil. Certamente o seu público-alvo está presente na rede.

Em segundo lugar, vimos que é possível trabalhar uma presença ou serviço online mesmo com investimentos modestos. Basta dispor das estratégias corretas para conseguir tirar proveito deste ambiente.

Estes foram os principais mitos e verdades sobre internet que as empresas ainda acreditam. Você tem algum destes receios? Não deixe que eles impeçam a sua empresa de se beneficiar do cenário online!

Veja mais: Os riscos de usar software pirata

Veja mais: Ransomware: como proteger a minha empresa desse vírus?